E por dia, por mês, por semestre? Não ter resposta para estas perguntas a poucos cliques do mouse é a mesma coisa do que dirigir um carro de noite em alta velocidade com os faróis apagados numa estrada escura. Quando não se usa uma ferramenta de estatística o empresário fica sem nenhuma informação sobre o comportamento da audiência dentro de seu site e sem este “ativo” com certeza irá colecionar prejuízos num futuro próximo.

Um dos motivos mais comum quando um site não gera os resultados esperados é a ausência de uma ferramenta de análise instalada estilo o Google Analytics ou quando a ferramenta fica esquecida e não é acessada pelo empresário e nem pela empresa responsável por administrar o site do Cliente.

Relatórios-Google-Analytics-Sob-encomenda

Este comportamento é um pré-requisito para o que eu costumo chamar de falência do site, quando o acompanhamento estatístico é abandonado, passamo a contar apenas com o faro e a sorte, geralmente o site entra em concordata, passa a gerar mais despesas do que receita, o empresário começa a tirar verbas de outras parte da empresa para sustentar o site e naturamente ele entra como custo no plano de contas, quando este valor deveria ser investimento de publicidade.

Se ter um site sem acompanhar estes relatórios é ruim, imagina investindo verba de mídia online, seja no Google AdWords ou Anúncios no Facebook Ads sem acompanhar os resultados no Google Analytcs isto é sinônimo de rasgar dinheiro.

Acompanhado os relatórios do Analytcs é possível visualizar qual setor do site é mais visitado, por exemplo, uma imobiliária trabalha com aluguel e venda de imóveis, é possível saber no final do mês que 90% visitam os imóveis para aluguel e apenas 10% procuram por venda de imóveis. Isso pode ser uma informação primordial para o diretor da imobiliária aumentar o numero de captação de imóveis para alugar já que 90% dos visitantes do site desta imobiliária procuram imóveis para alugar.


Nesta ferramenta também é possível analisar a origem de suas visitas, se eles vieram do Facebook, de uma campanha digital, da busca orgânica do Google, do e-mail marketing ou mesmo se foi uma visita direta (aquela quando o visitante digita o site na barra do navegador).

Outra informação importante é saber de que cidade, de que estado, de que país é cada visitante. Quanto tempo o visitante ficou no site, quantas páginas foram visualizadas, e qual a média de abandono do site ainda em sua primeira página. O Google Analytcs também informa quantas pessoas estão ao vivo no site.

Relatórios-Google-Analytics
É possível extrair informações mais técnicas como o navegador utilizado pelo visitante, o sistema operacional e até mesmo se está usando computador, Tablet ou Smartphone.

Mais importante do visualizar e cruzar todas estas informações é metrificar resultados, definir as métricas, os objetivos do site, e depois analisar os gráficos deste objetivos e tomar as decisões corretas referente a gestão.

Agora o que adianta tanta informação disponibilizada e o empresário não tomar decisões olhando estes relatórios? É a mesma coisa que fazer uma curva na estrada escura com os faróis desligados.

Saiba mais sobre Relatórios Analytics Sob Encomenda, clicando aqui

 

 

 

SEMrush